Cagliero11 e intenção missionária salesiana - janeiro 2017

Intenção missionária ano 2017 | Scarica il file zip

Intencion MisioneraScarica il file zip Cagliero11 Scarica il file zip || Cagliero11 UNG |

JANEIRO

Intenção Missionária Salesiana

Por Todos os Salesianos

Para que sejam sempre e em todos os lugares homens de Igreja e de unidade.

A plena comunhão eclesial é o que o próprio Cristo nos deixou como seu testamento: ‘Pai, que sejam um’ (Jo 21,17). O primeiro passo para realizar este ardente desejo do coração de Cristo é, antes de tudo, rezar como Ele fez. À oração seguirá a caridade fraterna, que, como nos mostra o Papa Francisco, alcança em círculos concêntricos todos os crentes, todos os filhos e filhas de Deus. Estar presentes em 132 nações já é uma grande responsabilidade eclesial no campo do ecumenismo: os filhos de Dom Bosco são chamados a ser profetas e mestres, primeiramente com o exemplo.


N. 97 - Janeiro de 2017
Boletim de Animação Missionária Salesiana
Uma publicação do Setor das Missões para as Comunidades Salesianas e os Amigos das Missões salesianas
C aros Irmãos,
escrevo-lhes esta carta neste dia 8 de dezembro de 2016, a 175 anos do início do Oratório Salesiano,
quando, como nos conta o próprio Dom Bosco, ele rezou uma Ave-Maria com Bartolomeu Garelli. Faço
-o com uma finalidade bem precisa. Este é um dia providencial para lançar um apelo missionário “ad gentes”
a todas as Inspetorias do mundo e a todos os irmãos que se sentem chamados por Deus a viver a vocação
salesiana nesta forma especial: disponíveis a serem Salesianos missionários “ad gentes, ad exteros, ad
vitam”. O meu apelo é uma voz que deve ressoar em todas as Inspetorias e presenças salesianas do mundo
para favorecer respostas generosas.
O motivo fundamental deste apelo é tríplice:
A missão evangelizadora no mundo pede a nós, Salesianos de Dom Bosco, irmos além, que nos abramos
ainda mais, a fim de podermos responder aos muitos pedidos que nos chegam continuamente da Igreja
para a missão de evangelização em diversos lugares e entre muitos povos.
Há presenças da Congregação que não conseguimos mais sustentar porque, em algumas nações dos cinco
continentes, faltam Salesianos que possam oferecer o seu serviço, enquanto em outros lugares as forças
apostólicas são mais numerosas. Penso de modo especial nos jovens que nos esperam no contexto do
Projeto Europa, no Oriente Médio, nos países de maioria muçulmana, nas ilhas da Oceânia, no Sudão do
Sul, na Mongólia, na Sibéria, no Camboja e na Malásia, como também entre os jovens migrantes do
continente americano... e em muitos outros lugares!
O terceiro motivo está intimamente relacionado com a paixão missionária de Dom Bosco. Depois do grande
desafio missionário da Argentina, de 1875, para chegar, no momento oportuno, à Patagônia, parecia que
Dom Bosco – assim afirmaram alguns dos seus sucessores – vivesse apenas para aquele projeto. Escreve o
P. Albera: “As Missões foram o coração do seu coração e parece que vivesse somente para elas... Falava
delas com tanto entusiasmo, que se ficava admirados e intensamente edificados pela sua ardentíssima
paixão pelas almas”.
O próprio Dom Bosco no pró-memória enviado em 1880 ao Papa Leão XIII diz explicitamente: “As missões
exteriores sempre foram o objetivo ambicionado pela Congregação Salesiana”.
APELO MISSIONÁRIO DO REITOR-MOR AOS SALESIANOS
Dom Bosco sonhou e quis uma Congregação Intenção Missionária Salesiana
A plena comunhão eclesial é o que o próprio Cristo nos deixou como seu testamento: ‘Pai, que
sejam um’ (Jo 21,17). O primeiro passo para realizar este ardente desejo do coração de Cristo é,
antes de tudo, rezar como Ele fez. À oração seguirá a caridade fraterna, que, como nos mostra o
Papa Francisco, alcança em círculos concêntricos todos os crentes, todos os filhos e filhas de
Deus. Estar presentes em 132 nações já é uma grande responsabilidade eclesial no campo do
ecumenismo: os filhos de Dom Bosco são chamados a ser profetas e mestres, primeiramente com
o exemplo.

Testemunho de Santidade Missionária Salesiana
P. Pierluigi Cameroni SDB, Postulador Geral para as Causas dos Santos

A Bv. Laura Vicuña (1891-1904) ofereceu a sua juveníssima vida pela conversão de
sua Mãe.Entre os propósitos de sua Primeira Eucaristia escreveu: «Proponho fazer
quanto sei e posso [….] para reparar as ofensas que Vós, ó Senhor, recebeis todos
os dias dos homens, especialmente daspessoas da minha família. Dai-me, ó Deus,
uma vida de amor, de mortificação, de sacrifício».
Por ocasião das viagens que fiz nestes anos e que me permitiram visitar 44 Inspetorias, expressei esta convicção
sobre a qual os convido novamente a refletir: se Dom Bosco tivesse optado por limitar o campo de ação
educativo-pastoral dos seus Salesianos apenas aos jovens carentes da Itália, e teria sido uma prioridade
legítima, ao se considerar que a Itália tinha muita necessidade dos seus Salesianos, mas não tivesse tido a
grande paixão e a grande visão missionária, que o moveram em todos os momentos, hoje a Congregação
Salesiana seria uma pequena congregação, provavelmente limitada a uma nação. Foi o estímulo missionário do
nosso Pai a tornar universal a Congregação na Igreja e no mundo.
Caros irmãos, pelos motivos que expus, dirijo-lhes este forte apelo e a todos convido à generosidade. Em
primeiro lugar, peço a generosidade dos irmãos que sentem este chamado explícito de Deus. Depois, peço a
generosidade das Inspetorias, dos Diretores e, de modo especial, dos Inspetores, para que não sufoquem de
algum modo a inquietude missionária dos jovens irmãos e de nenhum outro irmão, limitando o seu olhar e o seu
interesse apenas à própria Inspetoria. Não podemos esquecer as nossas origens e a nossa identidade carismática.
Bem conhecem qual é o nosso modo de proceder nestes casos. Logo que chega ao Reitor-Mor uma solicitação,
uma carta ou uma mensagem de correio eletrônico de um irmão que manifesta este desejo, tem início no
Dicastério para as Missões um discernimento sereno, sério e profundo com o Irmão e com o seu Inspetor. Em
seguida, tudo é dado ao conhecimento do Reitor-Mor. Muitas vezes, o discernimento evidencia a idoneidade do
candidato; outras vezes isso não acontece. Em todo o caso, procura-se o bem das pessoas e da missão.
Este é o meu apelo, caros irmãos.
Convido-os a rezar nesta intenção em toda a Congregação. São muitas as pessoas às quais ainda não chegou o
anúncio do Evangelho. Muitos jovens precisam de um amigo, de um irmão, de um pai, que poderão encontrar
nos Salesianos que irão ao encontro deles.
Maria Auxiliadora abençoe esta generosidade e Dom Bosco continue a acompanhar-nos no esforço de sermos
verdadeiros discípulos missionários.
Com afeto,
P. Ángel Fernández A., SDB
\ Reitor-Mor
Por Todos os Salesianos
Para que sejam sempre e em todos os lugares homens de Igreja e de unidade.

INIZIO

Intenções Missionárias Salesianas
à luz das Intenções de Oração do Santo Padre para 2017


JANEIRO
POR TODOS OS SALESIANOS
Para que sejam sempre e em todos os lugares homens de Igreja e de unidade.

FEVEREIRO
PELOS SALESIANOS NAS AMÉRICAS
Para que mantenham vivo neles o amor de Jesus pelos jovens pobres.

MARÇO
PELOS SALESIANOS NO ORIENTE MÉDIO
Para que os Salesianos continuem a ser sinais de fé e esperança entre os cristãos perseguidos do Oriente Médio.

ABRIL
PELAS VOCAÇÕES SALESIANAS
Para que cada comunidade salesiana saiba irradiar a alegria do chamado.

MAIO
PELOS SALESIANOS NA ÁFRICA E MADAGASCAR
Para que saibam educar os jovens na dimensão social da caridade sendo profetas misericordiosos de justiça e paz.

JUNHO
PELOS SALESIANOS QUE TRABALHAM EM REGIÕES DE CONFLITO
Para que sejam construtores de paz mediante a arma da “educação” e do anúncio do “Príncipe da Paz”.

JULHO
PELOS SALESIANOS NA EUROPA
Para que o Projeto missionário Europa da Congregação dê fruto abundante.

AGOSTO
PELOS SALESIANOS NA OCEÂNIA
Para que compartilhem com os jovens a beleza da sua vocação.

SETEMBRO
PELA 148ª EXPEDIÇÃO MISSIONÁRIA
Para que cada Salesiano seja missionário segundo o coração de Dom Bosco.

OUTUBRO
PELOS SALESIANOS NOS CENTROS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Para que os Centros de Formação Profissional continuem a ser escolas de desenvolvimento e humanismo cristão no mundo do trabalho.

NOVEMBRO
PELOS SALESIANOS NA ÁSIA
Para que sejam artífices de comunhão na diversidade.

DEZEMBRO
PELOS SALESIANOS IDOSOS E ENFERMOS
Para que continuem a irradiar a alegria do chamado e sejam intercessores de abundantes graças de Deus para a missão salesiana.